Fechar

Moça Prosa

Moça Prosa

Moça Prosa é a primeira roda de mulheres que nasceu na Pedra do sal e se estabeleceu na região portuária do RJ e hoje se mantém produzida, idealizada, pensada, construída e tocada por mãos femininas, na rua, gerando trabalho e renda mensal para artesões, trabalhadores e artistas locais, movimentando a economia, trazendo famílias, abordando temas como: racismo, diversidade, luta antimanicomial, resgatando as memórias das mulheres que contribuíram e ainda contribuem para nossa cultura, além estimular outras mulheres a ocuparem espaços públicos tocando e cantando samba. O grupo acredita no samba e na linguagem da rua como forma de estabelecer um novo momento para sambistas cariocas. O batuque das prosas relembra grandes poetas, cantoras, compositoras de ontem e hoje, por meio do movimento pela cultura popular carioca. O Grupo Moça Prosa realiza um encontro mensal, em todo primeiro domingo, para celebrar a amizade e o amor pelo samba, recebendo os amigos na roda de samba misturando o antigo e o atual, resgatando músicas compostas e interpretadas por grandes nomes do samba feminino como: Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Clementina de Jesus, Jovelina Pérola Negra, Beth Carvalho, Leci Brandão, Alcione, Elizeth Cardoso, Aracy de Almeida, Dolores Duran, entre outras. O grupo celebra o samba atual prestigiando o trabalho das sambistas Mariene de Castro, Luiza Dionízio, Tereza Cristina, Ana Costa, e outras. O samba do Grupo Moça Prosa chegou para exaltar a importância e a influência feminina dentro do cenário musical brasileiro passado e presente.

Posts Relacionados